About me '

Minha foto
Eu não sou normal. Mando torpedo de madrugada pra quem eu sinto falta. Me apaixono pelas pessoas erradas, Moro no Paraná , 20 anos , funk e reggae , rosa shock , lucky strike , noite , frio , meus melhores amigos e até algum tempo atrás qualquer garrafa com mais de 20% de alcóol , muita auto confiança e pouca consideração com o sentimento dos outros impaciênte, anciosa e autêntica Troco refrigerante por água. Sou uma caixa de surpresas. Não espere nada de mim.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Depoimento de um garoto: 
Certo, eu nunca fui um cara perfeito, e pelo meu ponto de vista eu cometi bastante erros. E toda vez que eu perguntava: “Amor, você está bem?” Ela me respondia: “Sim amor, estou”. Mas eu não entendia o porquê ela sempre abaixava a cabeça para responder isso. Quando saiamos, ela vivia olhando pro nada, detraída e muito pensativa. E quando estava perto de mim, olhava no mais profundo dos meus olhos. Nenhuma garota sentiu por mim, o que ela sentiu. Ela me enxergava com outros olhos, ela sempre queria cuidar de mim. E eu a achava quase insuportável pelos seus ciúmes chatos, e quando ela pegava no meu pé então. E o nome disso era cuidado! O tempo foi passando, e era como se ela estivesse cada vez mais distante. E foi ai que eu comecei a me ligar nela, claro, foi ai que eu fui percebendo que isso chegava a doer em mim. As coisas começaram a mudar de um jeito tão rápido, e impossível de parar. E eu me perguntava o que tinha havido com ela, o motivo da estranheza dela dos últimos meses… E eu simplesmente não conseguia enxergar. Aos poucos ela foi deixando de me procurar, me desesperei… fiquei louco cara. Então meus dias foram dedicados a uma única coisa, faze-la feliz. E em um dia como os outros, eu liguei o computador e ela não estava on-line, achei estranho por que no final da tarde ela sempre estava ali me esperando entrar. Procurei seu orkut, e simplesmente não estava mais lá. Tinha sumido, de algum modo tinha sumido. E eu tentei ligar pra ela, chamava e ela não atendia (…) E me deu tristeza, me deu raiva, revolta. Somente por ela ter sumido assim, por não me procurar, por não me avisar. Deixei meu orgulho falar mais alto e resolvi que não iria correr atrás dela. E todo dia eu me sentia como se tivesse morrido uma parte de mim. Eu ia todos os dias aos lugares que costumávamos ir juntos, e ela não saia da minha cabeça. e o que mais doía em mim, era ver que ela não estava lá, segurando a minha mão, com aquela alegria de quem conhece um amor, sussurrando no meu ouvido o quanto me ama. Eu nunca mais a vi, e eu perguntei pra sua amiga: Ela está bem? e sua amiga respondeu: Você a conhece, eu acho. Eu passei a pensar em como eu deixava ela sozinha, que eu podia ter ligado mais, ter reclamo menos e ter exigido menos dela. Por que hoje, pouco, nem que fosse um pouquinho só dela aqui, me faria o cara mais feliz desse mundo. E no nosso mural em meu quarto eu escrevi: Se me amava, por que partiu? Tantas noites de insônia, tanta solidão. E eu lembro como se fosse ontem, ela em meus braços me pedindo pra mim aperta-la com força. Minha vida virou em torno disso, e tive que me acostumar. Seguir em frente, é o que fazemos mesmo quando não temos forças. Ninguém sabe o quanto isso doía em mim. Em uma noite escura, fui a praia, onde ela mais gostava de ficar, e lembrei o quanto aquela garota importava pra mim. Quando cheguei em casa, minha mãe me olhou e abaixou a cabeça. Entrei em meu quarto e lá estava escrito no meu mural, abaixo da pergunta que eu fiz: Eu também precisava saber que você me amava. Pensei que você lutaria por mim. Cara, como eu pude ser tão idiota? Por que eu não fui atrás dela. Isso foi o pior! Até que um amigo me mandou um link que tinha o nome dela. Cliquei ansioso, e era o seu tumblr Eu sempre soube que ela tinha um, Mais eu nunca me importei em ler. E quando eu comecei a ler pagina por pagina, lagrimas correram em meu rosto. Se eu ao menos tivesse prestado atenção em cada detalhe antes, eu não teria feito ela se sentir tão mal. Se ao menos eu tivesse lido como ela se sentia… Cada declaração, cada texto que ela dedicava a mim, e tudo o que ela tinha escrito ali hoje fazia algum sentido, e eu passei a entender. E nada que eu pudesse fazer, iria fazer as coisas melhorarem. E hoje eu vi, eu a perdi.


2 comentários:

  1. posha que lindo, esta perfeito todos os rapazes deveriam ler isso *.*

    ResponderExcluir